Ultrassonografia

PDF Imprimir E-mail

 

 

O serviço de ultrassonografia e doppler vascular situado no térreo do Hospital Praia do Canto conta com a comodidade de uma excelente localização com estacionamento rotativo próprio localizado na Praça do Cauê, o que atrai principalmente pessoas no eixo Vitória-Vila Velha, além de contar com excelente tecnologia em diagnóstico por imagem, garantindo diagnósticos precisos com resultados de exames precoces.

 

Responsável pelo serviço:

Dra.Andressa De Angeli
Membro titular do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem.
CRM: 4810


A ultrassonografia é um método diagnóstico que aproveita o eco produzido pelo som para ver em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas e órgãos do organismo, sendo possível a tradução em uma escala de cinza, que formará a imagem dos mesmos.


É capaz, também, de visualizar e calcular o movimento sanguíneo. Não há emissão de radiação, não causando, portanto, efeitos prejudiciais à saúde do paciente, por esse motivo é muito utilizado em gestantes.

AGENDAMENTO:

Os exames podem ser agendados nos telefones:

(27) 3025-8560/ 3025-8555/ 3325-3455 ou diretamente na recepção do hospital.

CONVÊNIOS:

- Banescaixa; - Fusex; - Geap; - Med Sênior; - Phs; - São Bernardo; - SM Saúde; - Unimed; - Vidaplan; - Vitalis; - Vix Saúde;

Também atendemos particular.


ULTRASSONOGRAFIA GERAL:

  • Abdomen;
  • Aparelho Urinário;
  • Transvaginal;
  • Pélvica;
  • Mamas;
  • Tireóide;
  • Próstata Abdominal;
  • Articulações (Ombro, Cotovelo, Mão, Quadril, Joelho e Pé);
  • Obstétrica;
  • Escrotal;
  • Doppler Geral;
  • Doppler Obstétrico,
  • Doppler de Membros.


PREPARO PARA REALIZAÇÃO DE EXAMES:

Abdomen Total: Jejum de 6 horas, tomar 4 copos de água 2 horas antes do exame e não urinar.

Abdomen Superior: Jejum de 6 horas.

Aparelho Urinário, próstata e pélvica ginecológica: Tomar 4 copos de água 2 horas antes do exame e não urinar.

OBS: Reforço a importância de trazer exames ultrassonográficos realizados anteriormente

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES:

PORQUE SE FAZ ULTRASSONOGRAFIA OBSTÉTRICA?

Por ser considerado o método de diagnóstico que oferece menor risco ao paciente e ao feto, o ultrassom é um dos métodos diagnósticos mais difundidos na obstetrícia. Inicialmente, a ultrassonografia era utilizada para responder perguntas bastante básicas, como a existência de uma gravidez, se o feto está vivo, se a gestação é única ou gemelar, a localização da placenta e a idade gestacional. Atualmente, a ultrassonografia também é utilizada para diagnosticar pequenos defeitos anatômicos como fenda labial, pé torto ou mesmo se o feto é portador de alguma doença genética, como por exemplo, a Síndrome de Down, além de outros achados.

COM QUE FREQUÊNCIA DEVO REALIZAR OS EXAMES DE ULTRASSOM EM UMA GESTAÇÃO NORMAL?

Existem pequenas variações quanto ao número de exames recomendados.
A ultrassonografia na gestação inicial que ocorre entre a 6ª e a 7ª semanas, objetiva observar se a gestação é tópica (intrauterina), a determinação do número de embriões, a presença dos batimentos cardíacos fetais e o cálculo correto da idade gestacional.

Entre a 11ª e a 14ª semanas de gestação, é importante se fazer uma outra ultrassonografia para a medida da Translucência Nucal para pesquisa de cromossomopatias como a Síndrome de Down.

Entre a 20ª e a 24ª semanas, faz-se um estudo morfológico e a avaliação do crescimento fetal.

Entre 28ª a 32ª semanas, faz-se a Doppler, avalia a vitalidade fetal por meio da análise do fluxo de sangue nas artérias uterinas, umbilicais, cerebral média e ducto venoso (quando necessário).

Finalmente, entre a 34ª e a 37ª semana faz-se uma análise da morfologia fetal, a determinação do peso fetal, a posição da placenta e a avaliação da existência de circular de cordão umbilical (quando o cordão se enrola no pescoço do bebê).

O QUE É ULTRASSOM MORFOLÓGICO?

O Ultrassom Morfológico é um exame ultrassonográfico realizado com a finalidade de avaliar toda a anatomia interna e externa do feto.

Este exame destaca-se dos demais devido à maior facilidade de execução e análise, quando realizado no período entre 20 a 24 semanas de gestação,em função da melhor relação entre o tamanho do feto e a quantidade de líquido amniótico que o envolve, permitindo uma melhor visibilização de todas as partes do feto.

PARA QUE FINALIDADE SE FAZ O DOPPLER OBSTÉTRICO?
Avalia a vitalidade fetal por meio da análise do fluxo de sangue nas artérias uterinas, umbilicais, cerebral média e ducto venoso (quando necessário). Em fetos cujo crescimento está comprometido, o exame ajuda a estabelecer o melhor momento para a interrupção da gestação. Esse exame pode ser realizado durante toda a gestação.

O QUE É PERFIL BIOFÍSIOCO FETAL?

Também avalia a vitalidade fetal. O exame é realizado a partir de 28 semanas de gestação e inclui o estudo do líquido amniótico, movimentos fetais, tônus, movimentos respiratórios e cardiotocografia (monitoração fetal).

POR QUE ALGUMAS MULHERES PRECISAM FAZER VÁRIOS EXAMES?

Em casos de complicações, como diabetes, hipertensão, restrição do crescimento, incompatibilidade de Rh, múltiplos bebês, problemas de localização da placenta ou de quantidade do líquido amniótico e sangramentos.

E SE ALGO SUSPEITO É VISTO?

O ultrassom mostra o indício do problema, mas não é um diagnóstico fechado. Não tente esclarecer as dúvidas com o radiologista, ligue para o seu obstetra. Ele é a pessoa mais preparada para conversar com você e é quem pode avaliar o resultado e apresentar alternativas. O exame é como um filtro, que pode colocar a gestante no grupo de risco ou não, mas são necessários exames complementares para definir qualquer alteração.

ENTREGA DE RESULTADO:

O resultado é liberado normalmente 30 minutos após a realização do exame.